top of page

Reestruturação no Bradesco é motivo de protesto em Dia Nacional de Luta

Sintrafi Floripa fecha agência da Palhoça por melhores condições de trabalho



A manhã desta quarta-feira, 03, foi marcada por protestos em todo o país contra o processo de reestruturação no Bradesco, que tem extinguido centenas de agências físicas pelo Brasil e demitido funcionários. A atividade integra o Dia Nacional de Luta no Bradesco. 


Na base de atuação do Sintrafi, o ato foi realizado em frente à agência da Palhoça, que contou com a participação do personagem Zé Tainha, criado pelo ator, escritor e jornalista Eduardo Bolina, para fazer um show lúdico ao público que estava no local.


Durante a atividade, o Bradesco foi fechado pelos dirigentes sindicais por conta das péssimas condições de trabalho. Prova disso é que os funcionários aguardam, há mais de um ano, o cumprimento da promessa de troca de lugar da agência, pois o espaço é pequeno e não suporta a grande demanda dos clientes.


Na avaliação do Secretário Geral do Sintrafi, André Luiz Alves, “a política de fechamento de agências e redução de pessoal tem trazido significativas perdas para os clientes e os trabalhadores bancários. É responsabilidade das instituições financeiras garantirem um atendimento digno em local e tempo condizente com o lucro que os clientes possibilitam aos bancos."


O sindicato alerta para o fato de que, no ano passado, o Bradesco demitiu 2.159 trabalhadores. Como se isso não bastasse, o avanço na extinção de agências físicas e dispensas continuou aumentando este ano. Portanto, a pauta do emprego é uma das prioridades da Campanha Nacional da categoria, aprovada na 26ª Conferência Nacional, que aconteceu no mês passado.



Basta de demissões e fechamento de agências no Bradesco!

Comentarios


bottom of page