top of page
Buscar

Sintrafi Florianópolis conquista ação que permite aos egressos do Besc aderirem à Cassi


A Secretaria de Assuntos Jurídicos do Sintrafi Florianópolis e Região realizou um levantamento dos principais pontos a respeito da Cassi, o Plano de Saúde dos funcionários do Banco do Brasil. O estudo foi elaborado após a vitória do sindicato na ação judicial que pleiteava o direito de adesão à Cassi para os egressos do Besc que atuaram ou atuam em Florianópolis.

Conforme informações do Sintrafi Florianópolis, não se trata de fazer um comparativo, pois todos os planos de saúde, privados ou de autogestão, têm pontos positivos e pontos negativos. A ideia é mostrar de forma simples como funciona o custeio, os programas, as estratégias e a forma de atendimento da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil.

Cada funcionário egresso do Besc precisa avaliar individualmente sobre a mudança do plano. Conforme a decisão do juiz, foi estabelecido o prazo de 90 dias a partir do trânsito em julgado (25/11/2022), para que os beneficiários se manifestem com relação à intenção de associação à Cassi.

Qual será o custo da Cassi para os egressos do Besc?

Conforme o resultado da ação, amplamente vitoriosa para os trabalhadores, o custeio do plano de Saúde da Cassi para os egressos do Besc será nos mesmos moldes e com os mesmos benefícios assegurados aos empregados cujo vínculo empregatício foi firmado direta e originalmente com o Banco do Brasil.

Percentuais de cobrança mensal:

4% do salário bruto do funcionário da ativa ou do salário da Previ/Fusesc + salário do INSS do aposentado. O Banco do Brasil, por sua vez, participa com o percentual de 4,5% da folha, sendo da ativa ou aposentado. O piso de cobrança é R$ 120,00 e o teto máximo é de até 7,5% do salário. Esses percentuais incidem também sobre o 13º salário, exceto sobre as contribuições dos dependentes.

Contribuição adicional por dependente:


Limites de coparticipação:

10% para exames – limite mensal de cobrança da coparticipação: 1/24 do salário bruto em pagamento único.

30% para consultas.

Programas disponíveis:

Programa de Saúde mental

Programa de Assistência Farmacêutica – PAF

Programa de Atenção Domiciliar – PAD

Gerenciamento Condições Crônicas – GCC

Saúde do trabalhador – PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) e PAVAS (Programa de Assistência às Vítimas de Assaltos e Sequestros)

Programa Viver Bem

Plena Idade

Viva Coração

Reembolso – Livre escolha

Estratégias:

Atenção Integral à Saúde/Estratégia de Saúde da Família

Atendimento:

Telemedicina 24 h

Clinicassis

Rede Credenciada

Garantia de atendimento

Na quinta-feira, dia 15, às 18h30, o Sintrafi Florianópolis irá realizar uma reunião on-line para apresentar mais informações e tirar dúvidas em relação à ação. Está prevista a participação da assessoria jurídica do sindicato e da Conselheira Deliberativa da Cassi, eleita pelos funcionários, Cris Garbinatto.

Para participar da reunião basta acessar o link disponível AQUI.


Fonte: Sintrafi Florianópolis, com edição Fetrafi-SC


bottom of page