Buscar

Funcionários do Banco do Brasil debatem medidas de reestruturação do banco

Na última segunda-feira (18), os funcionários do Banco do Brasil das bases pertencentes aos sindicatos filiados à Federação dos Trabalhadores em Instituições Financeiras de Santa Catarina (Fetrafi/SC) participaram de uma plenária organizada pela entidade para debater as medidas de reestruturação anunciadas pela direção do Banco do Brasil.


A atividade evidenciou a preocupação dos funcionários do BB em relação ao anúncio do Plano de Adequação de Quadros (PAQ) e do Plano de Demissão Voluntária (PDV).

A assessoria jurídica do Sintrafi Florianópolis e Região esteve presente na plenária virtual para esclarecer os principais pontos das medidas anunciadas. No entanto, na avaliação do advogado Gustavo Garbelini Wischneski, é fundamental a união dos funcionários do Banco do Brasil, juntamente com as entidades sindicais, para lutar contra o pacote de reestruturação da instituição financeira.


O dirigente do Sintrafi e funcionário do Banco do Brasil, André Luis Alves, destaca que essa foi a primeira atividade de muitas que virão contra essa reestruturação. “Estamos nos organizando para envolver os funcionários do banco numa grande campanha de enfrentamento e resistência. A única forma de revertermos essas medidas é com pressão, e isso só será possível com a participação dos trabalhadores da empresa. Por isso, convocamos os funcionários do banco a reagirem a essa arbitrariedade da direção”.


Nesta quarta-feira, dia 20 de janeiro, às 19 horas, uma nova plenária será realizada para organizar as atividades deliberadas para o dia nacional de lutas, previsto para ocorrer na quinta-feira, dia 21.


Com informações, Secretaria de Comunicação Sintrafi Florianópolis e Região