Buscar

Encaminhamentos sobre o ACT de Teletrabalho Banco do Brasil e Itaú-Unibanco

A direção da Federação dos Trabalhadores em Instituições Financeiras de Santa Catarina (Fetrafi-SC) debateu, em reunião virtual, nesta segunda-feira (30), a proposta de Acordo Coletivo sobre Teletrabalho, apresentada pelo Banco do Brasil e Itaú-Unibanco.


A realização do debate seguiu uma orientação do Comando Nacional dos Bancários, no sentido de que o tema seja discutido por todos os sindicatos que representam a categoria no País.


Por conta da pandemia, o ano de 2020 foi marcado por negociações permanentes entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban - entidade que representa as instituições do sistema financeiro. A crise sanitária que ainda atinge o País, somada ao desastroso governo Bolsonaro, impôs grandes desafios em torno das negociações coletivas e todos os temas envolvidos, sem deixar de considerar as mudanças no mundo do trabalho, principalmente no setor financeiro.


Esse contexto pôs em evidência a prática do trabalho remoto. Durante as negociações da Campanha Nacional 2020 não foi possível estabelecer uma convenção nacional sobre o tema. Por esse motivo, esta pauta é discutida nesse momento com cada banco.


Banco do Brasil


Na reunião virtual desta segunda-feira (30), a Fetrafi-SC, juntamente com os sindicatos filiados, definiu como encaminhamento aguardar as Orientações Jurídicas que será enviada nos próximos dias pela Contraf-CUT, juntamente com a minuta da proposta de acordo. A partir da análise desses documentos, Federação e sindicatos voltam a se reunir para avaliar conjuntamente e decidir quais encaminhamentos serão tomados.


Itaú-Unibanco


A proposta de ACT de Teletrabalho do Itaú-Unibanco já foi apresentada às entidades sindicais e a orientação jurídica da Contraf-CUT é pela realização de assembleias no dia 3 de dezembro. Porém, a avaliação da Fetrafi-SC e sindicatos filiados é de que a proposta apresenta profundos problemas. Por este motivo, a decisão tomada na reunião desta segunda-feira foi pela não realização das assembleias no dia 3.


Por outro lado, o encaminhamento foi pela realização de uma plenária estadual virtual, no dia 8 de dezembro, às 19h, para tratar do ACT de Teletrabalho Itaú-Unibanco.


Quanto à proposta, o principal problema identificado é referente à quitação semestral do ponto eletrônico, o que causará reflexos e impactos diretos na vida dos trabalhadores(as) do banco.


Até o dia 8 de dezembro, data em que está prevista a plenária estadual, os dirigentes dos sindicatos terão condições para debater melhor e aprofundar junto à categoria o que isso representa, alertando sobre os inúmeros prejuízos que serão gerados para os trabalhadores(as).