Buscar

Catarinenses vão às ruas para pedir o impeachment de Bolsonaro


Em nove cidades de Santa Catarina foram realizadas manifestações para demonstrar o descontentamento com o governo


Durante o último sábado, 2 de outubro, cerca de 5 mil catarinenses foram às ruas de Florianópolis expressar seu descontentamento com as políticas adotadas pelo governo federal. Com cartazes, faixas e bandeiras, a população pedia pelo impeachment de Bolsonaro, por emprego, vacina, em defesa da vida, contra a fome e a carestia.


Bolsonaro, como se sabe, fez uma péssima gestão no combate à pandemia. Além disso, a economia vai de mal a pior. A inflação chegou a quase 10% em apenas 12 meses, reduzindo drasticamente o poder de compra do povo brasileiro. E como se isso tudo não bastasse, o presidente da República ataca constantemente a democracia gerando instabilidade e atrito entre os poderes. Esses são apenas alguns motivos do protesto.

Também estava na pauta a PEC 32, da Reforma Administrativa, que está em tramitação no Congresso e que busca a destruição dos serviços públicos no país. O objetivo da proposta é transformar os direitos sociais, como saúde, educação e assistência social em mercadorias a entregá-las à iniciativa privada.


Os brasileiros estão sentindo que as condições de vida pioram a cada dia, com aumento expressivo da inflação, fechamento de empresas, desemprego, descrédito internacional, além da incompetência do governo para tratar da pandemia. O país já registra quase 600 mil mortes por Covid-19, resultado direto da negligência e do negacionismo do presidente da República.


Os trabalhadores e trabalhadoras são os mais afetados por estes ataques. Por isso, é preciso fazer pressão nas ruas, de forma unificada, para impedir mais medidas que signifiquem a destruição do Brasil.


Em Santa Catarina, além de Florianópolis, também houve mobilizações em Joinville, Blumenau, Timbó, Criciúma, Tubarão, Lages, Chapecó e Caçador. As manifestações aconteceram em todo o Brasil e também em outros países, com mais de 700 mil participantes em mais de 200 cidades no Brasil e no exterior.


Confira imagens: