Buscar

Bancários do Badesc aprovam minuta de reivindicações da Campanha Nacional da categoria

Em assembleia realizada no dia 13 de junho, os bancários do Badesc aprovaram a minuta de reivindicações e autorizaram o Sindicato dos Bancários de Floripa e região (Sintrafi) a representá-los na mesa de negociação.

O Banco estadual não faz parte da Fenaban que negocia com a Contraf, por isso a categoria não tem acesso a votação online como os trabalhadores de outros bancos e a assembleia é importante para avaliação da pauta que o sindicato apresentará para a direção do Badesc.

A minuta construída nacionalmente reivindica o reajuste salarial de reposição da inflação e mais 5% de ganho real, mais reivindicações de cláusulas sociais que buscam melhores condições de trabalho a todos os bancários e bancárias do país.

Para Toniolo, diretor do Sintrafi Floripa, a unidade da categoria é importante para pressionar a direção do banco a atender às reivindicações dos trabalhadores. “Precisamos fortalecer o sindicato dentro do Badesc e pressionar que as nossas pautas sejam atendidas. Sozinho, de forma isolada, o trabalhador não consegue avançar na relação de trabalho com o empregador. O equilíbrio na relação trabalho X capital se conquista na luta coletiva”, concluiu Toniolo.

Aprovada por unanimidade, agora a minuta será apresentada para a direção do Badesc e o sindicato aguardará a abertura da mesa de negociação.

Acesse a minuta de reivindicações.

RATIFICAÇÃO DE DECISÃO DA ASSEMBLEIA PELA CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL

Outro ponto de debate da pauta foi a ratificação da decisão da assembleia do dia 25 de outubro de 2019, que decidiu pela Contribuição Negocial e a autorização para desconto em folha. Na oportunidade, os dirigentes e a assessoria jurídica do Sindicato esclareceram que o comunicado da direção do Badesc contém informações incorretas quando trata o desconto como uma Contribuição Sindical (antigo Imposto Sindical) equivalente ao valor de um dia de trabalho, ou seja 3,3333% da remuneração mensal.

A Contribuição Negocial aprovada pela categoria trata-se do desconto de 1,5% do salário do trabalhador com um teto de cobrança de R$ 250,00.

A direção do Badesc, ao exigir dos empregados uma autorização de desconto da contribuição negocial interfere diretamente na relação entre o sindicato e os trabalhadores e ignora as decisões das assembleias dos seus empregados.

A Direção do Sintrafi Florianópolis e Região reafirma seu compromisso na defesa dos direitos da classe trabalhadora e convida que todos se unam nesta luta que é em benefício de todos(as) os empregados.

Fonte: Sintrafi