Buscar

Nota da Fetrafi-SC sobre o fechamento de agências bancárias em SC


A direção da Federação dos Trabalhadores em Instituições Financeiras de Santa Catarina (Fetrafi-SC), juntamente com os sindicatos filiados, exigem das direções dos bancos e gestores de agências o imediato cumprimento das determinações previstas no Decreto publicado pelo governo do Estado de Santa Catarina, prevendo ações de prevenção e enfrentamento ao Covid-19.


Ao longo desta quarta-feira (18), a direção da Fetrafi-SC, com o apoio dos sindicatos filiados, realizou inúmeros contatos com as superintendências dos bancos em Santa Catarina, exigindo o fechamento das unidades, em cumprimento ao referido Decreto do governo estadual.


Em reunião por videoconferência, a coordenação do Comando Nacional dos Bancários informou que as direções dos cinco maiores bancos do país - Santander, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal - voltaram a assumir o compromisso de promover medidas de contingenciamento, limitação do atendimento presencial e dispensa dos empregados identificados no grupo de risco da pandemia.


A direção da Fetrafi-SC reafirmou na oportunidade, que tais medidas citadas, mesmo que cumpridas nos estados, não são mais suficientes para garantir proteção à saúde da população, tendo em vista o agravamento do quadro causado pela transmissão do Covid-19. Novamente foi cobrado dos representantes das instituições financeiras a responsabilidade que momentos dessa natureza exigem.


Em outra frente, foi enviado ofício ao Comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, para que, dentro de suas prerrogativas, atue para que os gestores dos estabelecimentos bancários cumpram as medidas que visam preservar a saúde dos trabalhadores e da população.


A direção da Federação entende que cabe aos bancos cumprirem na íntegra as determinações contidas no Decreto do governo estadual, bem como as orientações das autoridades sanitárias.


Para que haja a devida tranquilidade e o necessário engajamento da sociedade no esforço coletivo de prevenção ao coronavírus, todos os agentes econômicos devem ser claros e objetivos nas informações, assumindo o compromisso que cabe a cada um.


Reafirmamos nossa orientação aos trabalhadores e a população de que as agências bancárias devem permanecer fechadas e que aglomerações de qualquer tipo sejam evitadas.


Nesse momento, cada um deve fazer sua parte.


Parceiros nas Lutas!

JOACABA.png

BANCÁRIOS

ARARANGUÁ

BANCÁRIOS

CHAPECÓ

BANCÁRIOS

BLUMENAU

BANCÁRIOS

CRICIÚMA